Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Tipos de turismo

Mäyjo, 05.11.14

Segundo a Organização Mundial do Turismo, a expressão "turismo cultural", aponta no sentido de englobar os movimentos de pessoas que obedecem a motivações essencialmente culturais, onde podemos incluir modalidades diversas como viagens de estudo, digressões artísticas, viagens culturais, visitas a sítios e monumentos históricos que têm por objecto a descoberta da natureza, o estudo do folclore ou da arte, entre outras, devendo assim, distinguir o turismo cultural dos efeitos culturais do turismo.

Embora as razões que levam os homens a viajar sejam  extremamente variadas e, muitas vezes, se misturem na mesma pessoa, é possível distinguir certos tipos de turismo

Poder-se-á dizer que o turismo alternativo distingue-se em seis campos, isto é: nas motivações, características dos praticantes, destinos preferidos, tipos de alojamentos, organização das viagens, e controlo e gestão da actividade. Este, não pode ser definido por um ou outro destes componentes, mas, pela presença obrigatória de todos eles e pelas relações vitais mantidas entre eles.

 

 

Turismo alternativo

O turismo alternativo é sugerido como a mais apropriada forma de desenvolvimento turístico nos países em vias de desenvolvimento, em vez do turismo de massas favorecido por muitos governos. Mas, os turistas interessados neste tipo de turismo estão frequentemente interessados em atracções específicas, particularmente de animais, de montanha, de locais culturais ou das pessoas, que não devem ser encaradas não apenas na óptica de motivações e atracções, mas também do relacionamento entre elas.

Existem várias modalidades de turismo alternativo. Entre estas, podemos referir vários conceitos e definições, de entre os quais destacam-se:

  • O Turismo Étnico significa viagens para o meio social dos indígenas onde os turistas interagem com os residentes locais, visitando as suas casas, observando a sua rotina diária, e participando em acontecimentos rituais;  
  • O Turismo Cultural enfatiza os estilos de vida do passado representado através de desempenhos e festivais. Este faz parte de um conjunto em que cartões postais, recordações, livros, cafetarias e honorários livres constituem elementos essenciais dos pacotes;  
  • O Turismo Histórico envolve visitas a monumentos, museus e ruínas de importância histórica. Inserido no turismo histórico encontra-se o Turismo Literário. Este constitui um meio que permite ás pessoas conviver  com determinadas fantasias, não apenas sobre livros e autores favoritos, mas também um conjunto de outras atitudes  e outros valores culturalmente assumidos. Nesta óptica o turismo é uma forma de expressão  cultural e de comunicação que envolve a apropriação de imagens entre diferentes sistemas simbólicos.

  • O Turismo Ambiental orienta-se para actividades em áreas remotas de interesse paisagístico. Este pode também designar-se por turismo ecológico ou Ecoturismo  referindo-se a turistas que viajam para um determinado sítio natural, tendo apenas em conta a amenidade e o valor recreativo resultantes do contacto com alguns aspectos do mundo natural.

  • O Turismo Recreativo representa a participação ou a observação de actividades desportivas.  
  • O Turismo Religioso há que distinguir entre turistas religiosos, que visitam um destino de significado para uma religião especifica, que pode não estar relacionada com uma viagem de lazer ou fazer parte de uma viagem de objectivos múltiplos, sendo parte de peregrinação e parte de férias, e turistas de herança religiosa, que viajam em grupo de afinidade com uma orientação especifica religiosa , nunca encarando a sua deslocação de herança  religiosa como férias, ainda que possa ser um módulo dentro das férias.  

12.jpg

 

  • Turismo Desportivo no âmbito desta rubrica há que distinguir entre turismo desportivo, isto é, aquele que é praticado pelos próprios turistas e o desporto turístico, isto é, a actividade de espectáculo público em que os turistas participam como espectadores. O turismo desportivo é aquele que tem maior interesse para o turismo do que o desporto turístico porque este tem percentualmente menor projecção para os turistas e os núcleos receptores não poderiam subsistir com atracções constituídas por espectáculos periódicos de uma actividade desportiva. O turismo desportivo permite uma melhor organização da oferta turística pela resposta a motivações múltiplas, como pode transformar-se num produto turístico consistente e duradouro.

 

 

 

 

Concessão a partir do segundo filho

Mäyjo, 05.11.14

Concessão a partir do segundo filho

 

“Não há nenhum melhor investimento no futuro do país, na promoção da natalidade e na tentativa de contrariar o envelhecimento da população que não passe pelo alargamento da rede de equipamentos, criando condições às famílias para poderem conciliar o seu trabalho com a sua vida pessoal e familiar.”

 

Pedro Marques, Secretário de Estado da segurança Social,

acerca do investimento na rede do pré-escolar.

in Jornal de Notícias de 10 de Setembro de 2006

O estreito de Gibraltar

Mäyjo, 05.11.14

estreito de gibraltar.png

 

 O estreito de Gibraltar tem uma largura de 12,7 km entre a Ponta Tarifa, na costa sul de Espanha, e a costa de Ksar es Srhir na costa de África. Na costa europeia, distingue-se nitidamente a baia de Algeciras, o porto natural que favoreceu o desenvolvimento das funções estratégicas e militares de Gibraltar.

in Atlas “Público”

Citações

Mäyjo, 05.11.14

“Atualmente, pensa-se que cinco filhos não são de mais, mas se cada um deles tiver outros tantos, antes da morte do avô existirão já 25 descendentes. Há maior número de pessoas e a riqueza é menor; trabalha-se mais e recebe-se menos.”

Han-Fei Tzu, cerca de 500 a.C.

 

‘Afirmei que a população, quando não controlada, aumentava em razão geométrica e a subsistência do homem em razão aritmética.”

Thomas Malthus